O pai, a traição e o assassino de azul

Sophie cantava com toda paixão e ódio que conseguia, como uma válvula de escape onde se sentia livre como nunca.

O  bar começou a chamar mais atenção dos locais, aumentando o movimento e a circulação de dinheiro graças aos shows e ao talento daquela pequena mulher.

Uma de suas primeiras músicas falava de Jerry Jones, um operário que trabalhava na madeireira, casado com Lucille  e pai de Amelie.

Jerry fazia seu limite de horas extras para que sua esposa pudesse ficar mais tempo em casa cuidando de Amelie. Um dia foi mandado para casa, a nevasca não possibilitou seu trabalho, forçando-o a voltar para casa no meio de seu expediente. Chegando em casa vê uma viatura policial estacionada em sua garagem, correu para a porta, da qual já se ouvia os gemidos de Lucille, transando com o policial em sua cama, com Amelie trancada em seu quarto, chorando achando que o policial estava machucando sua mãe.

Jerry abre a porta do quarto sem pensar direito, com sua arma em mãos destreinadas e atira contra o policial, que retribui com um tiro certeiro, matando Jerry.

O corpo estava morto, mas a alma de Jerry estava ao lado de Amelie enquanto o policial Stevenson se vestia e planejava a história sobre a briga entre Lucille e Jerry que gerou violência doméstica e ele conseguiu impedir com sucesso, infelizmente tendo que matar Jerry.

O bom pai agora via seu próprio corpo vazar pelo tapete que pagou com seu suor para agradar o gosto da mulher que o traíra.

O “bom” policial virou pai de sua filha que hoje nem se lembra mais de seu pai verdadeiro.

He took my house,wife and daughter

My honor and name

A pig in blue, a pig in blue

Turned my name in scum

Sophie cantava em bom tom enquanto Jerry ouvia sua história sendo contada para uma platéia especial, Amelie que fora ouvir o novo nome do blues da cidade.

Sweet River é uma terra de violência e desilusão, onde a já adulta Amelie chorou seu caminho de volta para casa, quando capotou o carro de seu velho pai, caindo dentro do rio que dava nome à cidade.

Na manhã seguinte a maior surpresa da policia foi encontrar no porta-malas do carro vários pacotes de cocaína com as digitais de Stevenson por dentro dos sacos, junto com um livro caixa com os nomes de seus compradores.

De noite, Sophie afinava seu violão quando viu a uma magra menina negra abraçando Jerry com lágrimas nos olhos, caso isso seja possível entre os mortos tal qual é como os vivos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: